Aprenda a utilizar as tendências do Marketing Digital a seu favor

Aprenda a utilizar as tendências do Marketing Digital a seu favor

6 de fevereiro de 2019 0 Por admin

O tradicional Ano Novo Chinês começa seu ciclo apenas no início de Fevereiro, mas o 2019 para as pequenas, médias, grandes (e extragrandes) empresas já começou. E ele não tem cara de quem anda devagar. Por isso, mesmo com a grande diferença cultural entre o Brasil e a China, um pouco de conhecimento oriental nunca faz mal.

No horóscopo chinês, 2019 é representado pelo Porco da Terra. Esta ciência milenar diz que neste ano o trabalho, a coragem e a determinação são indispensáveis; a inteligência e o poder de observação se fazem presentes. É hora de lidar com obstáculos de maneira racional, além de buscar por novas oportunidades. E, com certeza absoluta, o melhor método para aliar oportunidades, trabalho e resultados é o Marketing Digital.

Então, se você ou a sua empresa ainda não são familiarizados com este termo, esse é o momento certo do porquinho do marketing lhe trazer um plot twist profissional – não fomos nós que dissemos, foi o Horóscopo Chinês!

Então, sem mais tradicionalismo gringo, aqui estão 4 tendências (algumas já realidades) de como o Marketing Digital vai reinventar o mercado no qual você esta inserido e dicas de como extrair o melhor disso para você:

 

1 – Vídeos, lives, marketing através de vídeos, stories e mais vídeos

Em vez de termos técnicos, nós traremos algo mais concreto para você. O conteúdo visual está em alta. Mas isto não teve início com a chegada de 2019, começou um pouquinho antes. Esse tipo de conteúdo vem caminhando pelos anos como uma bola de neve, sempre mais presente e impossível de não ser percebido. Neste novo ano, o audiovisual vai apenas consolidar a sua força.

A utilização de vídeos e conteúdos mais participativos aumentam o interesse do público. As redes sociais e a sua infestação de stories, lives e vídeos curtos/efêmeros (em sua maioria, mas nada de regras), são a maior prova disso. Este conteúdo tem um poder de engajamento muito maior do que qualquer tipo de material escrito. As pesquisas não mentem: a Impact revelou que 72% das empresas que começaram a usar material em vídeo na sua estratégia digital registraram aumento nas suas taxas de conversão.

As redes sociais e algumas plataformas próprias possibilitam que você consiga encantar seus clientes de uma forma muito mais fácil. O que resta é saber encontrar qual das inúmeras plataformas disponíveis se encaixa melhor com seu nicho de mercado e com seu conteúdo disseminado (YouTube, Facebook, o ressuscitado Snapchat, o Instagram, Twitch e muitas outras). Elas moldam o rosto do seu negócio e se posicionam próximas de quem realmente importa: o consumidor.

2 – Marketing de conteúdo para definir a cara do negócio

Nós sabemos que ninguém aguenta mais ouvir, ler, ver e ter que entender sobre Branding. Então, temos um posicionamento diferente hoje. O Marketing de Conteúdo é uma tendência antiga, mas que sempre mostra que pode ser cada vez mais reativa e abrangente, com resultados altamente positivos.

Um dos segredos para se dar bem na web é saber fidelizar. É aí que o conteúdo participativo aparece de novo: dê espaço para que o cliente faça, veja, se sinta como parte importante do processo. Segmentar qualquer tipo de conteúdo que se encaixe no seu negócio (vídeos, artigos, e-books, postagens e até mesmo livros – por quê não?) pode ser algo novo para quem te acompanha.

Blogs como esse que você está lendo também proporcionam participação. Fazem com que o cliente procure por algo, fazendo com que ele consuma seu conteúdo de maneira fácil. Todo tipo de conteúdo mostra o viés que o negócio toma, mostra no que ele se especializa e o que ele traz de diferente.

3 – Você escuta as pessoas que te inspiram (Marketing de Influência)

Ser influenciador agora é um termo de status. O marketing vê oportunidade nisso. Parcerias com influenciadores digitais tiveram um grande “boom” nos últimos anos. Instagramers, Youtubers… isso não importa. O que interessa é que esses produtores de conteúdo se relacionem com o que você produz.

Mais uma vez surge a oportunidade de segmentação de nichos. Surgem novos influenciadores em várias áreas todos os dias. Cada um tem um posicionamento ou algo especial que o faz ser conhecido. Isso impulsiona a sua empresa. De acordo com uma pesquisa feita pela Lingia, 86% dos profissionais de marketing utilizaram esse tipo de estratégia de influência em 2017. Dentre eles, 92% acreditaram que o trabalho foi eficiente.

Não se apegue a popularização nacional ou até mundial. Encontre o influenciador que realmente proporciona engajamento para o público do seu negócio e invista nele. Mesmo sendo uma personalidade “local” e não uma celebridade, ele vai compartilhar as experiências que tem com o seu negócio para pessoas que realmente buscam isso (seu público-alvo em potencial).

4 – Chatbots responsivos (nada de voz de robô)

Os Chatbots são métodos de atendimento com respostas automáticas. Eles já existem há muito tempo, desde quando as companhias telefônicas indicavam as teclas que você devia apertar para um atendimento mais preciso. Em 2019 tudo está digitalizado. O atendimento automatizado já está em ação, agilizando processos e economizando o máximo possível. E se você acha que o atendimento “humanizado” deixa o cliente mais confortável, fique sabendo que de acordo com um relatório publicado pelo site Grand View Research, 45% de usuários finais no mundo preferem o atendimento automatizado como forma de comunicação.

Esta ferramenta vem conquistando espaço em aplicativos, plataformas e sites. E está cada vez mais popular.

 

Existem muitos outros métodos, implantados através do Marketing Digital, que estão revolucionando o mundo e o mercado nele. Mesmo com tantas possibilidades, aqui você encontrou 4 meios que vão impactar o seu negócio em breve – ou até já deram as caras. Então, esteja preparado e faça desse impacto uma oportunidade de mercado. Se adeque e proporcione uma nova experiência para seu público. Isto constrói grandes empresas e iniciativas.

Comentário