Saiba como converter presença digital em lucro

Saiba como converter presença digital em lucro

28 de fevereiro de 2018 0 Por admin

Diante da instabilidade político-financeira do país, é natural que empresários estejam inseguros de como serão as vendas em 2018. Mas uma certeza há: é importante explorar ferramentas do marketing digital para aumentar o faturamento; afinal, é na internet que os clientes estão.

Segundo relatório publicado em outubro passado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), o Brasil é o quarto lugar no ranking de pessoas conectadas à rede, com 120 milhões de usuários.

Então, por que não aproveitar esse universo para conquistar e fidelizar clientes? Uma combinação de ações, pensada individualmente para cada empresa por profissionais especializados no ramo, potencializa resultados. Vale a pena conhecer alguns caminhos, e a seguir detalhamos dois deles.

– Aproveite a busca local: hoje, cerca de 30% das pesquisas no Google são de usuários procurando serviços e empresas da cidade onde moram. Os resultados são exibidos em diversos lugares no Google Maps e na Pesquisa Google.

Para melhorar a classificação local – ou seja, aumentar a visualização pelos clientes – é importantíssimo disponibilizar e atualizar informações comerciais no Google Meu Negócio. Isso inclui inserir dados completos, informar horário de funcionamento, gerenciar e responder comentários, adicionar fotos, entre outros.

– Invista em links patrocinados: trata-se de publicidade on-line por meio da qual se oferece links ao usuário quando este realiza busca no Google. Esses anúncios aparecem em destaque no topo da página, de acordo com o uso de palavras-chaves. Eles são pagos, e o Google AdWords é a plataforma utilizada.

Cada palavra possui um valor específico, variando conforme a disputa de ranking pelos anunciantes de determinada região. Ao formatar a campanha, permite-se segmentá-la (definir público-alvo e orçamento diário, por exemplo), o que a torna mais eficiente. Portanto, é uma boa forma de aplicar a verba publicitária.

Se esses exemplos não convencem, saber que mais de 60% dos brasileiros pesquisam na internet antes de efetuar uma compra prova a força dos buscadores e que estão aí para ajudar a alavancar os negócios. A empresa sem presença on-line – estratégica e bem gerida, claro – sai perdendo. Vale reforçar: marketing digital não é gasto, é investimento.

Alaércio da Fonseca é Diretor da AQUA Interativa e especialista em Marketing Digital e Experiências Interativas.

Comentário